Emissões de partículas e de carbono em estrada.

Real Driving Emissions (RDE).

No novo processo de certificação, as emissões de poluentes também são medidas durante a operação real do veículo em estrada: nas mais recentes normas Euro 6c, Euro 6d-TEMP e Euro 6d, a certificação WLTP em laboratório é complementada por uma medição das emissões de poluentes em estrada. A determinação das "Real Driving Emissions", abreviado RDE, pretende garantir que os valores limite de substâncias nocivas para óxidos de azoto e número de partículas são respeitados não apenas em laboratório, mas também no trânsito real na estrada. Para o efeito, fixa-se dispositivos PEMS (Portable Emission Measurement System) no veículo, que medem a percentagem de substâncias nocivas nos gases de escape durante a marcha.

Um chamado fator de conformidade (Conformity Factor, CF) indica em quanto os valores medidos em estrada podem exceder os valores laboratoriais Euro 6. Após um período de transição, os valores para os óxidos de azoto e para o número de partículas na norma de emissões Euro 6d ainda podem exceder em 50 % os valores estipulados em laboratório. Este acréscimo reflete a tolerância de medição dos dispositivos de medição portáteis em ensaios RDE e deverá ser verificado anualmente e, se for o caso, reduzido.