Porquê um híbrido plug-in?


Boas razões para optar por um híbrido plug-in.

Porquê um híbrido plug-in?


Boas razões para optar por um híbrido plug-in.

Visão geral dos modelos


Todos os híbridos plug-in da Mercedes-Benz disponíveis atualmente.

Visão geral dos modelos


Todos os híbridos plug-in da Mercedes-Benz disponíveis atualmente.

    Mercedes-Benz Classe A 

    A imagem apresenta o Mercedes-Benz Classe A Limousine.

    Classe A 250 e Limousine compacta: consumo de combustível combinado 0,9-1,3 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 21-29 g/km, consumo de energia elétrica combinado 14,6-15,3 kWh/100 km

    Mercedes-Benz Classe A Limousine

    A imagem apresenta o Mercedes-Benz Classe A

    Classe A 250 e Limousine: consumo de combustível combinado 1,0-1,3 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 22-30 g/km, consumo de energia elétrica combinado  14,8-15,7 kWh/100 km

    Mercedes-Benz Classe C Station

    A imagem apresenta o Mercedes-Benz Classe C Station.

    Classe C 300 de Station: consumo de combustível combinado 1,2-1,6 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 32-42 g/km, consumo de energia elétrica combinado 15,2-16,1 kWh/100 km


    Classe C 300 e Station: consumo de combustível combinado 1,6-2,0 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 36-47 g/km, consumo de energia elétrica combinado 14,9-16,3 kWh/100 km

    Mercedes-Benz GLA

    A imagem apresenta o Mercedes-Benz GLA

    Mercedes-Benz GLA 250 e: consumo de combustível combinado 1,3-1,7 l/km, emissões de CO2 combinadas 30-38 g/km, consumo de energia elétrica combinado 15,5-16,1 kWh/100 km<p>Os valores indicados foram determinados de acordo com o<br> método da medição prescrito. São os “valores de CO₂ de WLTP”, nos termos do<br> artigo 2, n.º 3, do Regulamento de Execução (EU) 2017/1153. Os números/valores<br> não se referem a um veículo individualmente e não são parte da proposta; são<br> fornecidos unicamente com o objetivo de ajudar na comparação entre diferentes<br> modelos de veículos automóveis. Estes valores variam consoante os extras<br> opcionais escolhidos.<br> </p>

    Mercedes-Benz CLA Shooting Brake

    A imagem apresenta o Mercedes-Benz CLA Shooting Brake

    CLA Shooting Brake 250 e: consumo de combustível combinado 1,4-1,6 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 25-32 g/km, consumo de energia elétrica combinado 14,8-15,5 kWh/100 km<p>Os valores indicados foram determinados de acordo com o<br> método da medição prescrito. São os “valores de CO₂ de WLTP”, nos termos do<br> artigo 2, n.º 3, do Regulamento de Execução (EU) 2017/1153. Os números/valores<br> não se referem a um veículo individualmente e não são parte da proposta; são<br> fornecidos unicamente com o objetivo de ajudar na comparação entre diferentes<br> modelos de veículos automóveis. Estes valores variam consoante os extras<br> opcionais escolhidos.<br> </p>

    Mercedes-Benz GLC

    A imagem apresenta o Mercedes-Benz GLC

    Mercedes-Benz GLC: consumo de combustível combinado 1,1-1,4 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 25-33 g/km, consumo de energia elétrica combinado 14,7-15,4 kWh/100 km<p>Os valores indicados foram determinados de acordo com o<br> método da medição prescrito. São os “valores de CO₂ de WLTP”, nos termos do<br> artigo 2, n.º 3, do Regulamento de Execução (EU) 2017/1153. Os números/valores<br> não se referem a um veículo individualmente e não são parte da proposta; são<br> fornecidos unicamente com o objetivo de ajudar na comparação entre diferentes<br> modelos de veículos automóveis. Estes valores variam consoante os extras<br> opcionais escolhidos.<br> </p>

    Mercedes-Benz Classe C Limousine

    A imagem apresenta o Mercedes-Benz Limousine Classe C.

    Classe C 300 de Limousine: consumo de combustível combinado 1,1-1,6 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 30-40 g/km, consumo de energia elétrica combinado 15,0-15,8 kWh/100 km


    Classe C 300 e Limousine: consumo de combustível combinado 1,5-2,0 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 33-44 g/km, consumo de energia elétrica combinado 14,3-15,6 kWh/100 km

    Mercedes-Benz Classe E Limousine

    A imagem apresenta o Mercedes-Benz Limousine Classe E.

    Classe E 300 de Limousine: consumo de combustível combinado 1,2-1,4 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 31-36 g/km, consumo de energia elétrica combinado 15,5  kWh/100 km


    Classe E 300 e Limousine: consumo de combustível combinado 1,5-1,8 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 35-41 g/km, consumo de energia elétrica combinado 16,1-16,7 kWh/100 km

    Mercedes-Benz Classe S Limousine Versão Longa

     

    A imagem apresenta o Mercedes-Benz Classe S Limousine Versão Longa.

    Classe S 560 e Limousine: consumo de combustível combinado 2,5-2,6 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 57-59 g/km, consumo de energia elétrica combinado 20-20,3 kWh/100 km

    Mercedes-Benz Classe B Sports Tourer

    A imagem apresenta o Mercedes-Benz Classe B.

    Classe B 250 e Sports Tourer: consumo de combustível combinado 1,1-1,4 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 25-33 g/km, consumo de energia elétrica combinado 14,7-15,4 kWh/100 km

    Mercedes-Benz Classe E Station

    A imagem apresenta o Mercedes-Benz Classe E Station.

    Classe E 300 de Station: consumo de combustível combinado 1,3-1,4 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 35-38 g/km, consumo de energia elétrica combinado 16,1 kWh/100 km


    Classe E 300 e Station: consumo de combustível combinado 1,7-1,9 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 39-44 g/km, consumo de energia elétrica combinado 16,6-18,5 kWh/100 km

    Mercedes-Benz GLC Coupé

    A imagem apresenta o Mercedes-Benz GLC Coupé.

    GLC 300 e 4MATIC Coupé: consumo de combustível combinado 1,9-2,5 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 44-57 g/km, consumo de energia elétrica combinado 16,5-16,7 kWh/100 km

    Mercedes-Benz GLE SUV

    A imagem apresenta o Mercedes-Benz GLE SUV.

    GLE 350 de 4MATIC: consumo de combustível combinado 1,1-1,3 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 29-34 g/km, consumo de energia elétrica combinado 25,4-28,7 kWh/100 km


    GLE 350 e 4MATIC: consumo de combustível combinado 1,5-1,6 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 33-36 g/km, consumo de energia elétrica combinado 26,0-28,1 kWh/100 km

    Formulário de contacto


    O que podemos fazer por si?

    Envie-nos as suas questões, peça hoje o seu Test Drive ou fale connosco através do 808 200 699.

    Está preparado para conhecer os Novos Mercedes-Benz Plug-in Hybrid?

    Formulário de contacto


    O que podemos fazer por si?

    Envie-nos as suas questões, peça hoje o seu Test Drive ou fale connosco através do 808 200 699.

    Está preparado para conhecer os Novos Mercedes-Benz Plug-in Hybrid?

    Tecnologia explicada de forma simples


    É assim que funciona o híbrido plug-in.

    Os componentes de acionamento: tecnologia inovadora numa interação inteligente para maior eficiência.

    Tecnologia explicada de forma simples


    É assim que funciona o híbrido plug-in.

    Os componentes de acionamento: tecnologia inovadora numa interação inteligente para maior eficiência.

    Carregamento plug-in
    Regra geral, um híbrido plug-in pode ser carregado em qualquer tomada doméstica. Contudo, há uma alternativa consideravelmente mais rápida à sua disposição, a Wallbox da Mercedes-Benz.

    Este sistema permite que o veículo atinja a autonomia elétrica total no mínimo período de tempo. Se estiver em viagem, as estações de carregamento públicas também são uma possibilidade de “abastecer” o seu veículo com energia elétrica.

    Bateria de alta tensão de iões de lítio
    Esta tecnologia utiliza uma bateria de alta tensão de iões de lítio como acumulador de energia elétrica, podendo a bateria ser carregada através de uma fonte de energia elétrica externa.

    Este tipo de bateria combina uma elevada densidade energética com uma longa vida útil, necessitando, simultaneamente, de relativamente pouco espaço. Esta bateria é carregada com uma tomada do veículo localizada no painel lateral ou no para-choques do veículo.

    Caixa de velocidades com motor elétrico

    O motor elétrico pode ser utilizado como motor e como gerador. Na função de motor, este componente destina-se à propulsão, enquanto que, no modo de desaceleração e na travagem, o sistema recupera energia elétrica e é utilizado para carregar a bateria de iões de lítio.

    O motor elétrico disponibiliza o seu binário máximo logo no arranque, garantindo uma aceleração particularmente potente a partir do zero. O conversor de binário altamente eficiente oferece o elevado conforto de arranque característico dos veículos Mercedes-Benz no modo de marcha híbrido.

    Sistema de travagem regenerativa
    A recuperação é a transformação de energia cinética em energia elétrica, com o objetivo de recuperar parcialmente a energia de travagem no modo de desaceleração.  

    Esta energia pode alimentar a bateria de iões de lítio e ser utilizada mais tarde novamente pelo motor elétrico para a propulsão ou para os consumidores secundários do veículo, como, por exemplo, o ar condicionado.

    Motor de combustão interna
    Conforme o modelo, combinam-se motores a gasolina ou diesel potentes com módulos híbridos e baterias de diferentes níveis de potência.

    Se necessário, a potência do motor de combustão interna é reforçada pelo motor elétrico – para um impulso extra de potência na aceleração. O resultado são performances de condução que combinam o prazer de condução e o conforto com baixo consumo e emissões locais reduzidas.

    Eficiência e consumo


    Mais autonomia. Mais potência. Menos consumo.

    Eficiência e consumo


    Mais autonomia. Mais potência. Menos consumo.

      Máxima flexibilidade graças à propulsão elétrica e de combustão interna.

      A imagem apresenta o Mercedes-Benz GLA visto de frente.

      A força dos modelos EQ Power é a sua versatilidade. Estes modelos combinam o modo elétrico quase sem ruídos e sem emissões locais no trânsito urbano com a flexibilidade e a independência do motor de combustão interna em percursos longos.

      Condução sem emissões locais.

      A imagem apresenta o Mercedes-Benz CLA Coupé inclinado e visto de cima.

      Os veículos com tecnologia híbrida plug-in representam um marco importante no caminho para uma condução livre de emissões. A Mercedes-Benz desenvolve os seus modelos EQ Power de modo consequente para obter maiores autonomias elétricas e oferecer, em todos os segmentos, soluções para uma condução livre de emissões locais em distâncias do dia a dia.

      Estratégia do modo de operação baseada no trajeto com recuperação.

      A imagem apresenta o Mercedes-Benz Classe B inclinado e visto de trás.

      A estratégia do modo de operação inteligente e baseada no trajeto prevê a utilização do programa de condução elétrico nos troços de percurso onde isso é mais adequado. Entre outras informações, esta estratégia analisa os dados do mapa, a topografia, a velocidade máxima autorizada dos respetivos troços e a situação de trânsito em toda a rota. O Assistente ECO ajuda o condutor a poupar energia.

      Consumo reduzido graças ao carregamento orientado.

      A imagem apresenta o Mercedes-Benz Classe S visto de lado.

      As autonomias elétricas dos novos modelos híbridos plug-in da Mercedes-Benz permitem-lhes funcionar na cidade quase exclusivamente no modo elétrico e, assim, reduzir os valores de consumo. Quanto mais vezes carregar o veículo e usar conscientemente a estratégia do modo de operação baseada no trajeto com recuperação, mais elevada será a sua percentagem de condução elétrica e, consequentemente, menor será o seu consumo.

      Híbrido plug-in diesel.

      A imagem apresenta um grande plano da identificação do tipo do Mercedes-Benz GLE 350 de.

      A tecnologia mais moderna de diesel une-se à propulsão híbrida de última geração. A mobilidade sem emissões locais transforma-se numa experiência emocionante, acompanhada da eficiência superior, do conforto de condução notável e da autonomia impressionante do motor diesel. E com o carregador de bordo, a potência de carregamento duplica.

      GLE 350 de 4MATIC: consumo de combustível combinado 1,1-1,3 l/100 km, emissões de CO2 combinadas 29-34 g/km, consumo de energia elétrica combinado 25,4-28,7 kWh/100 km

      Dinâmica de condução confortável


      Chegou o momento de viver novas experiências: emoção e inteligência.

      Dinâmica de condução confortável


      Chegou o momento de viver novas experiências: emoção e inteligência.

        Experiência de condução dinâmica.

        A imagem apresenta o Mercedes-Benz Classe C inclinado e de frente.

        Viva a experiência de condução elétrica com um tempo de resposta imediato e um binário máximo logo desde a primeira rotação. Irá habituar-se rapidamente a esta nova dinâmica e não quererá renunciar a ela, o mais tardar quando sentir a força dos dois corações a acelerar em conjunto.

        Fiabilidade comprovada.

        A imagem apresenta o Mercedes-Benz Classe A inclinado e de frente.

        Na qualidade de sistema de propulsão dos nossos híbridos plug-in, a tecnologia EQ Power combina o melhor de dois mundos: a propulsão da combustão interna e a propulsão elétrica. Com a interação inteligente dos componentes técnicos unida à segurança típica da Mercedes-Benz, todos os veículos respondem sem hesitações à nossa missão: the best or nothing.

        Modo elétrico sem ruído.

        A imagem apresenta o Mercedes-Benz Classe A Limousine inclinado a partir de baixo.

        Usufrua do novo prazer de condução com uma aceleração espontânea e potente e uma condução quase sem ruído. Inicie o seu dia descontraído, em modo exclusivamente elétrico, sem ruídos de motor.

        Pré-climatização de série controlável por aplicação.

        A imagem apresenta uma visualização da pré-climatização por aplicação.

        Desfrute do seu ambiente de bem-estar logo ao entrar. Para tal, ajuste previamente a hora e a temperatura para o ar do interior e, em função do equipamento do veículo, também para os bancos – através do Mercedes me ou na Unidade Principal de Telemática. Além disso, se carregar o veículo ao mesmo tempo, continuará a dispor de 100% da potência da bateria quando iniciar a sua viagem.

        Menos intervenções na travagem graças à recuperação inteligente.

        A imagem apresenta a representação do fluxo de energia no display de media do Mercedes-Benz GLE.

        Cada travagem dá-lhe um pouco mais de autonomia elétrica. No modo de desaceleração ou de travagem, a energia cinética é transformada em energia elétrica, sendo utilizada para carregar a bateria (recuperação). A estratégia do modo de operação baseada no trajeto apoia a desaceleração reforçando a recuperação em situações de trânsito que exigem uma travagem.

        Autonomia e carregamento


        Muitos caminhos levam à energia elétrica - as possibilidades de carregamento.

        Autonomia e carregamento


        Muitos caminhos levam à energia elétrica - as possibilidades de carregamento.

          Todos as possibilidades de carregamento em resumo.

          A imagem apresenta o Mercedes-Benz Classe E inclinado e de frente.

          Os híbridos plug-in podem ser carregados em qualquer tomada doméstica. Porém, como alternativa mais rápida, recomendamos a Wallbox da Mercedes-Benz. Este sistema permite que o veículo atinja a autonomia elétrica total no mínimo período de tempo. Se estiver fora de casa, as estações de carregamento públicas permitem-lhe “abastecer” energia elétrica.

          Autonomia elétrica e convencional.

          A imagem apresenta o painel de instrumentos digital do Mercedes-Benz GLE.

          Obtenha uma combinação perfeita de autonomia elétrica e convencional graças à estratégia do modo de operação inteligente e baseada no trajeto, que escolhe, em função da situação de condução, o motor elétrico ou convencional, oferecendo-lhe, assim, a máxima eficiência. Entre outras informações, esta estratégia analisa os dados do mapa e do trânsito, bem como os limites de velocidade em toda a rota.

          Fatores de influência da autonomia.

          A imagem apresenta o Mercedes-Benz Classe C visto de lado.

          A autonomia elétrica até ao arranque do motor de combustão interna varia em função do comportamento de condução, do perfil do percurso e das condições ambientais, fatores aos quais se juntam a condução preventiva com a indicação do Eco-Score, a recuperação inteligente e a função de cruzeiro. Os consumidores secundários, como, por exemplo, o ar condicionado, também influenciam a autonomia.

          Carregamento com Wallbox e Mercedes me Charge.

          A imagem apresenta a Mercedes-Benz Wallbox Home.

          A Mercedes-Benz Wallbox Home é uma estação de carregamento que permite fazer um carregamento especialmente rápido, seguro e cómodo em casa. E, com o Mercedes me Charge, nas suas viagens por toda a Europa terá acesso a inúmeras estações de carregamento públicas que poderá encontrar em centros comerciais ou em estações de serviço.

          O seu primeiro Test Drive virtual.

          A imagem apresenta uma vista de mapa destinada à planificação de rotas na aplicação Mercedes me.

          O seu primeiro Test Drive virtual.

          Para simular o seu comportamento de condução diário, descarregue agora a EQ Ready App gratuita para o seu smartphone. Esta analisa o seu comportamento de mobilidade individual durante um longo período de tempo e tem em conta também o seu perfil de condução pessoal.